domingo, 12 de fevereiro de 2012

R-Type 3

Gênero: Tiro
Ano: 1994
Fabricante: Irem
R-Type sempre foi um clássico do gênero shooter em sentido horizontal. A série trouxe algo de especial para se diferenciar dos demais, a sua nave traz a possibilidade de se equipar com uma unidade de força(force device). Essa unidade de força pode ser grudada na frente ou atrás da nave dando segurança ao jogador ou pode ficar descolada mesmo para uso estratégico. Além disso essa unidade de força é capaz de fazer um tiro especial, mas para que isso ocorra é necessário pegar alguns power-up durante o jogo. 

Existem três power-up diferentes em R-Type 3, um vermelhor, outro amarelo e outro azul. Sendo que cada um deles tem três níveis diferentes de poder de ataque, ao pegar um power-up de qualquer cor você já acrescenta mais um nível de poder de ataque. Quando você já estiver cheio que é o nível 3, não poderá mais aumentar a força, mas poderá trocar de cor e modificar a sua estratégia durante o jogo. Essas trocas devem ser feitas pensando no momento específico do jogo.

Mas o que diferencia essa versão de R-Type das demais lançadas anteriormente é que dessa vez há 3 unidades de força a escolha do jogador e não somente uma como sempre foi. Uma das unidades é clássica e outras duas novas. Elas só podem ser escolhidas no ínicio do jogo, por isso a escolha tem que ser sábia, elas vão mudar todo o jogo e a estratégia para poder passar de alguns pontos dificeis e de certos chefões. São elas: Round Force, a clássica, Shadow Force e Cyclone Force as duas novas.

Diferentemente de Super R-Type em que há escolha do nível de dificuldade, em R-Type 3 não há. Pode-se deduzir que o nível de dificuldade varia então conforme a escolha da unidade de força, mas isso não ocorre, é o mesmo nível de dificuldade.

É claro que algum jogador poderá ter mais facilidade com uma certa unidade de força e dificuldade com outra e isso também pode variar de acordo com o momento do jogo. Há um modo mais difícil de jogo quando você termina o jogo no modo padrão.
Mas como não há a possibilidade de salvar o seu progresso no jogo, esqueça, você terá que começar tudo de novo no modo padrão quando desligar o videogame. Não tenho conhecimento de alguém que tenha conseguido zerar o jogo duas vezes seguidas, ou seja no modo padrão e no modo mais difícil. Quem sabe com esse tópico apareça algum maluco que tenha realizado esse feito.

Existem também outras espécies de power-up durante o jogo, que são clássicas e não trazem novidades. Aumento de velocidade, proteção em cima e embaixo da nave e aqueles mísseis automáticos.

O que marca é que também outras coisinhas clássicas continuam. Quando você morre e isso acontece quando você é atingido uma única vez por qualquer coisa do cenário, inimigos e tiros, você perde tudo, todos os seus power-ups e volta ou no início da fase ou em um determinado checkpoint. 

Então o segredo de R-Type 3 para zerar o jogo facilmente é não morrer uma única vez! Bom, de qualquer maneira os continues são infinitos, com isso o jogador não precisa se preocupar. E o fato dele sempre retomar o jogo quando morrer faz com que ele aprenda cada vez mais a fase e os segredos para poder passar com menor dificuldade. A insistência é primordial para qualquer jogador no gênero shooter e aqui não é diferente.

Quanto ao carregamento do tiro normal há dois modos. O clássico beam mode e o hyper mode. Carregando o beam mode, quando cheio você solta um tiro bem mais forte que o normal, capaz de derrotar qualquer inimigo simples com um único tiro.

O hyper mode é um pouco diferente, depois de carregado você solta um tiro um pouco mais forte que o normal e a partir daí a sua barra de energia começará a descer lentamente. Nesse momento você poderá atirar rapidamente vários bons tiros, é ideal contra alguns chefes e especialmente em inicio de fase quando você está zerado e sem power-ups. Mas fique atento, depois que a barra se esgotar você fica sem a possibilidade de atirar novamente por um certo período de tempo. Você só poderá atirar nesse momento com a sua unidade de força, é bom que esteja com ela quando for usar o hyper mode, ou pelo menos use-o o hyper mode com essa finalidade, de correr atrás dos power-ups.

Já deu para perceber que com tudo isso R-Type realmente se diferencia dos demais shooter, não é tão simples quanto atirar e desviar. Na verdade em R-Type o segredo está em destruir tudo o que aparecer pela frente antes que os inimigos comecem a atirar. Em determinados momentos é preciso fazer mais do que isso, certas partes do jogo só podem ser passadas usando o tiro carregado, caso contrário você se chocará com algo que não é vulnerável aos tiros comuns.
Alguns chefes mesmo só podem ser destruídos através de tiros carregados, e nesse caso eu cito o exemplo do segundo chefe e há um detalhe curioso. O segundo chefe na versão original do jogo, ou seja, a japonesa, solta vários espermatozoides em cima de você. Por algum motivo resolveram mudar na versão norte-americana, os espermatozoides foram trocados por olhos juntamente do nervo óptico.

Eu não cheguei a jogar muito na versão japonesa, então eu não sei se existem outras diferenças durante o jogo. No arcade o que costumava mudar muito entre as versões é a dificuldade do jogo, no R-Type 3 isso não ocorre.

Há um modo para dois jogadores, mas não simultaneamente, ou seja, nada de modo coperativo o que deixaria o jogo mais fácil e daí pode se entender o motivo desse modo não ter sido colocado.

O que deixava os jogadores mais hardcores um pouco frustrados em Super R-Type era o fato do jogo ter várias slowdowns. Motivo de chacota por parte dos fãs da Sega que tinham vários jogos do gênero em seu console favorito de 16 bits. Em contrapartida isso sempre anima os novatos, a queda de velocidade dava mais tempo para pensar e agir corretamente. Em R-Type 3 os problemas acabam. Os slowdowns se existentes são raros.

As fases são muito bem feitas tanto no aspecto estético quanto em criatividade de tornar o jogo mais prazeroso e difícil. Para melhorar a situação, esse é o R-Type até então que possuir a melhor qualidade sonora com uma bela trilha. Algumas músicas antigas do arcade foram trazidas para cá, mas outras novas dão um charme ao jogo e em determinados momentos trazendo uma atmosfera única que combina muito bem.

Exclusivo para o Super Nintendo e Super Famicom, R-Type 3 é então o mais bem produzido da série até a data em que foi lançado. Há jogadores que viram o R-Type Delta do Playstation e o R-Type Final do Playstation 2 antes mesmo de R-Type 3 e ainda assim acharam esse último o melhor da série. Eu não cheguei a jogar o R-Type Final do Ps2, estou esperando a oportunidade, mas dentre os que joguei da série eu digo firmemente que esse é o melhor.


Créditos Review: Trezoitao38

Download: Clique Aqui!

4 comentários:

  1. Apesar de não gostar nem entender nada sobre jogos, gostei de conhecer o blog, é bem legal pra quem curti. Parabéns!

    Desejo sucesso, um abraço! =)

    http://rejane-ferreira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. ocê precisa de um banner pra que os outros blogs divulguem o seu, aí vc tambem divula o nosso ok.

    ResponderExcluir
  3. eu zerei nos dois foiu bem dificiu zerei co todas as unidades de força

    ResponderExcluir
  4. clássico!!!! bons tempos...joguei muito na época em que sega cd e neo geo estavam engatinhando no mundo dos games...bons tempos!!!! considero essa a melhor versão em termos de gráficos e jogabilidade!!!! snes na veia!!!!

    ResponderExcluir

Lembrando que as suas visitas e agradecimentos são o nosso incentivo, ajude-nos a divulgar o blog... A sua ajuda é muito importante para nós!! E não se esqueça de add nosso blog aos seus favoritos!