domingo, 2 de outubro de 2011

Tinhead

Gênero: Aventura
Ano: 1994
Fabricante: Microprose
Tinhead é um simpático robôzinho de uma galáxia distante, que para se tornar herói deve atender o pedido de resgatar as estrelas que foram sugadas e espalhadas indevidamente pelo malvado goblin, Grim Squidge. Como já é de se imaginar essa não será uma tarefa nada fácil, os inimigos serão o de menos comparados as armadilhas dentro das fases, diversas fases com design parecidos e uma estrela cada, o relevo só varia de um mundo para outro atendendo a temática.

O maciço garoto de metal tem o auxilio de seus tiros que saem da cabeça, os tiros podem sair retos, para cima ou para baixo, lembrando que eles ricocheteiam e há um limite de tiros simultâneos, ou seja, se estiver até o limite de 3 terá que esperar as outras estourarem, mas essa capacidade pode aumentar coletando as bolinhas pretas ou diminuir tomando danos. Há outros itens de apoio que também duram somente até levar um golpe, como o jato para voar e a bola para pular mais alto, e outros adaptados, como o imã, o ventilador, os teletransportes, tudo para dar sequência a jornada.

Os controles podem confundir no começo, então para facilitar navegue com os olhos no topo da tela onde estarão contidas as informações necessárias. Os corações são as vidas e a lata com raio é a energia, a flecha é a direção da mira, outro destaque é que os comandos são turbos de natureza, ao segurar o botão ele permanecerá com a mesma atitude, pulando sem parar ou atirando como uma metralhadora. Uma dica, enquanto estiver pulando Tinhead não desliza a ladeira, é uma boa forma de o conter.

As músicas e os efeitos sonoros são ótimos, bem bonitinhos e representativos, mas mesmo o som sendo bacana pode acabar enjoando já que se repete por todas as fases do mesmo mundo. As composições me lembram o pop sintético dos anos 80, com dosagens de ritmo intergalático e aventura, em especial os temas de Crystal World e Inctec Planet.

Gráficamente o game é bem feitinho, o background logo do início é bem bonito com as nuvens de tempestade e as pedras vermelhas abaixo, mas as vezes o cenário fica um bocado confuso e acabamos presos nele, mas não presos a ponto de resetar, basta continuar repetindo o comando quando isso acontecer, uma hora vai.

Tinhead é um joguinho legal que remete a Sonic e Pulseman, talvez não com a mesma maestria mas é tão divertido quanto. Quem puder não perca esta oportunidade e invista um tempo ao nosso cativante amiguinho.


Créditos Review: Grose

Download: Clique Aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lembrando que as suas visitas e agradecimentos são o nosso incentivo, ajude-nos a divulgar o blog... A sua ajuda é muito importante para nós!! E não se esqueça de add nosso blog aos seus favoritos!